Monday, November 23, 2015

Como será que nasceu a palavra Natal?


Caros leitores,
Quero desejar a todos ótimas festas e um 2016 cheio de alegria, saúde e muito progresso nos estudos de inglês!
Agradeço a todos que me acompanham desde que comecei a escrever, em dezembro de 2006, e aos que foram se tornando leitores no decorrer desses anos todos. Obrigada por ler e por dar sua contribuição, fazendo perguntas, comentários, discordando.
Espero, realmente, poder escrever com mais frequencia em 2016, pois assunto e vontade não me faltam.
Assim, com este post aproveito (como sempre...) para dar algumas dicas que podem ajudar no aprendizado da língua inglesa.
Então, vamos lá:
Os cristãos comemoram em 25 de dezembro o nascimento de Cristo. Em português, chamamos essa data de Natal, palavra relacionada a nascimento. Originou-se do verbo nāscor (= nascer), em latim.  Observem que temos a palavra natal em natalício, que é sinônimo de aniversário. No Brasil a palavra natalício não é usada com frequencia atualmente. Perguntamos: "Quando é seu aniversário?" Mas podemos encontrar  "Quando é seu natalício?" no museu das palavras.
No espanhol temos uma palavra de mesma origem: Navidad. É assim também em italiano: Natale.
Em inglês, Natal é Christmas: Christ (Cristo) + mass (missa), ou seja, Natal é dia da Missa de Cristo!
O Brasil é um país formado por diversos povos e diversas culturas, cada uma com suas tradições religiosas. Por termos sido colonizados por portugueses, nossa herança cristã continua muito forte, embora aqui cada povo comemore suas datas religiosas com a liberdade garantida pela Constituição. No entanto, as festas tradicionais da igreja católica ainda fazem parte do calendário nacional de feriados. Apesar de ser uma festa cristã, é muito comum as casas serem enfeitadas com árvores de Natal, sob as quais as crianças acreditam que o Papai Noel coloque
presentes para elas, caso tenham se comportado bem durante todo o ano. As famílias mais religiosas costumam montar um presépio
Para os crentes e até para os descrentes, essa é a época de confraternização com famílias e amigos, com aqueles que não tivemos condições de encontrar durante o ano, seja pela grande distância ou pelo pouco tempo a separar-nos. 
Assim, aos amigos virtuais aqui do blog, qualquer que seja sua crença ou descrença, desejo que a época natalina represente para todos um renascer. Que aproveitemos o período dos feriados de fim de ano para desejarmos vida nova a cada um dos que têm importância para nós. 

Thursday, November 19, 2015

Não diga que é eunuco se quiser dizer que é único

Cuidado ao expressar em inglês a idéia de ser único em algo, como por exemplo:
"Sou a única mulher nesta sala que estudou tupi."("I'm the only woman in this room who studied Tupi").
Único em inglês pode ser traduzido como only ou unique.
Only passa a idéia de unidade, ou seja, de um único elemento, pessoa, objeto, etc num determinado contexto. Já unique dá a idéia de exclusivo, original, distinto de todo o resto. Posso dizer, então:
“Sou a única (only) mulher nesta sala que estudou tupi.” Mas existem muitas mulheres que estudaram tupi na faculdade como eu. Sei disso porque a sala estava sempre cheia delas. Rs, rs, rs.
Agora, para expressar em inglês que estudar tupi foi uma experiência muito diferente de tudo, ímpar, sem igual, preciso usar a palavra unique.
“Studying tupi was a unique experience.” (“Estudar tupi foi uma experiência única.”)
Também não podemos confundir only (único) com alone (sozinho) ou lonely (solitário).
Para exemplificar, conto um caso verídico:
O rapaz brasileiro aproxima-se de uma moça num bar em Nova Iorque e, para puxar papo, pergunta (ou pensa que pergunta) se ela está sozinha lá:

“Are you only here?”
Pensando ter perguntado "Você está sozinha aqui?", na verdade perguntou: “Você está apenas aqui?”
Ora, como poderia a moça estar lá no bar e em outro lugar ao mesmo tempo sem ter o poder da onipresença? O rapaz queria, na verdade, ter perguntado”: “Are you alone here?"

Não sei o que a moça respondeu, mas imagino que o rapaz tenha ido para casa desacompanhado. O que me lembra do eunuco do título desta mensagem.

Algumas vezes, na tentativa de dizer algo como “Sou o único para esta entrevista de emprego.” (“I’m the only one for this job interview.”), uma pessoa que não leia este blog (olha a pretensão!) pode dizer “I’m the unique for this job interview.”, mas pronunciando unique (único, ímpar, sem igual) como eunuch (eunuco). Assim, o ouvinte entenderá “Sou o eunuco para esta entrevista de emprego.”

A menos que se trate de uma entrevista para guarda de harém, a palavra usada inadequadamente (deveria ser only) e ainda por cima com a pronúncia inadequada também, pode gerar algum mal entendido.
Assim, cuidado para não passar por eunuco quando quiser ser visto como único.