Monday, August 11, 2008

Ser pego com a boca na botija


Acho que pouca gente diz "pegar com a boca na botija" hoje em dia para comunicar a idéia de que alguém foi apanhado fazendo algo errado. Não sei como o pessoal mais jovem (a rapeize, como se dizia no século passado) diz isso atualmente. Quem souber, deixe aqui uma mensagem.
Ser pego com a boca no botija é o mesmo que ser pego com a mão na massa, ser pego no pulo, ser pego no flagra, com as calças na mão.
Todas essas expressões podem ser comunicadas em inglês com a frase "be caught red-handed", ou seja, ser pego com a mão vermelha (de sangue), no ato do crime.
Acho que uma pessoa que fale botija no Brasil, pelo menos aqui na cidade de São Paulo, vai ser pega no flagra confessando a própria idade! Portanto, se não quiser cometer esse crime contra si próprio, don't be caught red-handed dizendo coisas do tipo "A mulher pegou o marido com a boca na botija"!
Será que estou enganada?
Comentários, por favor! :-)

3 comments:

Polêmica said...

'Foi pego no flagra'
eu acho que essa é a expressão mais usada atualmente, pelo menos eu só falo assim (rs)

Beijinhos!

Jarbas said...

Ana,nem eu falo essas coisas. Acho que a expressão ficava bem na minha finada vó. Ou, reconsiderando,a expressão talvez deva ser resgatada. Ás vezes me lembro de palavras que Dona Queta (minha vó da qual, acredito, Guimarães Rosa surrupiou alguns dizeres) falava normalmente para diversão dos netos. Lembro-me de 'leréia','ojeriza', 'mijar fora da pichorra','pampeiro', 'assuntar'. E se tempo houvesse, de mais coisas me lembraria. Muitas das palavras e expressões tinham uma riqueza sonora que a gente não ouve nos falares modernos.Uma pena que se foram com nossos velhos. Abraço grande,Jarbas.

Ana Scatena said...

Oi, Jarbas.
Olha, eu falo, viu? O que será que isso diz sobre mim?
Só sei que adoro expressões antigas, como essas que você menciona. É uma pena que estejam se perdendo... A velhinha aqui vai tentar manter vivas quantas eu puder.
Obrigada pela visita!
Bjs