Wednesday, October 15, 2008

Feliz Dia, Professores!!


Meu aluno Rafael me deixou uma mensagem muito linda no Orkut, pelo dia dos professores. Gostaria de compartilhá-la com vocês.
A letra* dessa canção me faz lembrar muito de um texto de Carl Sagan, que nos lembra de sermos humildes por sermos nada mais do que poeira de estrelas.
Do pó ao pó...
Que pode ser o pó do giz... :-)
Mas voltando a falar sério, acho que a humildade de reconhecer que só sabemos que nada sabemos é essencial para qualquer professor.
E essa é minha mensagem a todos os colegas pelo nosso dia!
PARABÉNS!


*Vale
Uma vida o que um sol
Uma vida o que um sol
Vale

Se aprende na escola,
Se esquece na guerra,
Um filho te volta a ensinar.
Está no espelho,
Está nas trincheiras,
Parece que ninguém parece notar.
Toda vitória é nada
Toda vida é sagrada

Um conjunto de moléculas
Postas de acordo
De forma provisional.
Um animal prodigioso
Com a delirante obsessão de querer perdurar.
Não deixaremos rastro,
Só poeira de estrelas.

7 comments:

Anonymous said...

Feliz dia dos professores!

E é muito bom comemorá-lo com poesia.

Também me sinto homenageada por seu aluno, Ana. Bendito seja quem ainda tem a poesia na alma, que a expressa e a torna viva.

Não li muita coisa hoje sobre os professores. Estão / estamos sufocados na multidão que corre, que briga, que anseia, que sonha e que, muitas vezes, grita surdamente.

Mas hoje é um dia feliz. Alguém se lembrou de sua professora. Uma professora lembrou-se da aluna que é professora.

Hoje é uma dia feliz porque alguém trouxe a poesia para torná-lo melhor. Faço-lhe coro.

"Mãos dadas
Carlos Drummon de Andrade

Não serei o poeta de um mundo caduco.
Também não cantarei o mundo futuro.
Estou preso à vida e olho meus companheiros
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças.
Entre eles, considere a enorme realidade.
O presente é tão grande, não nos afastemos.
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.
Não serei o cantor de uma mulher, de uma história.
Não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela.
Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida.
Não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins.
O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes,
a vida presente."

Que hoje e sempre estejamos presentes na vida.

Ana Maria M. Souza

Ana Scatena said...

Ana,
Que lindo!
Que idéia maravilhosa fazer coro ao poema! Feliz Dia.
Que venham muitos mais!

Anonymous said...

Esses alunos são "pérolas aos poucos" (cantaria J.M.Wisnik); ratificam nosso prazer, que não é pouco! Ser e estar professor, minha escolha...
bjs a todos!
Parabéns Scatena
Leo

Ana Scatena said...

Leo,

obrigada pela poesia!

Bia said...

Boa noite. Não sou professora, mas tenho irmã, cunhada, madrinha, etc professoras. Parabéns, vocês são ótimas!!! Pena que pouco valorizadas. Mas nesse país, quem o é? Só os espertalhões, políticos e afins. Bom, parabéns a todas (mesmo que atrasado).
Ana, descobri seu blog hoje, ao acaso. Adorei! Entrarei mais vezes e recomendarei a alguns amigos.
Beatriz - Saúde/SP

Bia said...

Boa noite. Não sou professora, mas tenho irmã, cunhada, madrinha, etc professoras. Parabéns, vocês são ótimas!!! Pena que pouco valorizadas. Mas nesse país, quem o é? Só os espertalhões, políticos e afins. Bom, parabéns a todas (mesmo que atrasado).
Ana, descobri seu blog hoje, ao acaso. Adorei! Entrarei mais vezes e recomendarei a alguns amigos.
Beatriz - Saúde/SP

Júnior said...

Hi Ana, I´m from Brasilia-DF. I started study english has little time.
is not be easy I know, but I try give my best. Thanks