Wednesday, July 23, 2014

Cursos de inglês para fins específicos



Por força do trabalho, cada vez mais as pessoas precisam aprender inglês, ou outro idioma, para desempenharem suas tarefas com competência.
Assim, operadores de máquinas podem aprender a ler em inglês para entender os painéis de controle em uma indústria, por exemplo. Nesses casos, entre 40 e 80 horas de aula de estratégias de leitura habilitam o profissional a compreender textos em sua área profissional. Com aulas particulares, esse tempo pode ser reduzido pela metade, dependendo dos objetivos de leitura do aluno. Muitos alunos que tive nessa área de estratégias de leitura alcançaram suas metas com apenas 20 horas de aulas.
Uma pessoa pode também ter aulas apenas de redação, para passar em um teste com essa exigência, ou para se comunicar por e-mail com a sede da empresa em que atua.
Um locutor de rádio pode ter aulas de pronúncia e entoação, para ler os nomes das músicas tocadas na programação.
Uma executiva ou profissional liberal pode precisar preparar-se para assistir a uma conferência. Nesses casos, focamos as habilidades que serão prioritárias no evento, combinando, por exemplo, estratégias de leitura, compreensão oral e conversação para fazer perguntas e participar de discussões. Se a pessoa já possui uma certa fluência em inglês, o tempo de treino pode ser de cerca de 15 a 20 horas.

Para as pessoas muito ocupadas para ter aulas com frequência semanal, essa é uma ótima opção para não abandonar os estudos. É possível planejar um ano de atividades para períodos em que o profissional esteja menos sobrecarregado. Tive um aluno em uma empresa, por exemplo, que só fazia aulas antes de viagens de negócios. Organizávamos um curso de imersão para cada ocasião, com um mês de aulas, 8 horas por dia. Durante aquele mês trabalhávamos as habilidades necessárias para que ele desempenhasse bem suas funções em inglês nos Estados Unidos.

Os cursos preparatórios para exames também funcionam assim: voltados para as necessidades mais imediatas dos alunos. Entre os mais procurados estão o TOEFL, o IELTS e o TOEIC.


Essa modalidade de ensino é chamada de "inglês para fins específicos" (em inglês, ESP - English for Specific Purposes) e tem por objetivo capacitar a pessoa para atuar em uma determinada forma do uso da língua. Por isso, esses cursos são mais curtos e, consequentemente, menos onerosos do que os cursos de inglês geral, que podem durar de 3 a 7 anos ou mais, dependendo da escola e do nível que o aluno pretenda alcançar.

4 comments:

luis r said...

que susto, achei que alguém tinha feito o improvável--e provavelmente impagável--casamento entre a rainha elizabeth 2 e timothy leary! esp não é "extra-sensorial perception", mas "english for specific purposes". whew!
bjs

Maria Luiza Scatena Degani said...

Ana, sinto que ainda tenho esperança. Vou me organizar para o desafio.

Maria Luiza Scatena Degani said...

Ana, sinto que ainda tenho esperança. Vou me organizar para o desafio.

Ana Scatena said...

Isa, você já fala 3 idiomas! O quarto é muito mais fácil de aprender Vai conseguir, sim!